Voltar

Aprendendo a aprender é o tema da aula inaugural de CEQP

Por: Caio Roberto
12 de julho de 2022

Quer aprender mais sobre Qualidade e Produtividade com os melhores professores disponíveis no mercado sem sair de casa? Então conheça o curso de Especialização em Qualidade e Produtividade (CEQP) da POLI USP PRO, que foi inaugurado em maio deste ano com uma aula sobre aprender. As inscrições estão abertas!

A inauguração do curso foi transmitida ao vivo no dia 18 de maio e foi mediada por Ronaldo Ducatti. A primeira aula também contou com a presença de Paulino G. Francischini, coordenador do curso, e do professor Ricardo Buonanni. Eles falaram um pouco sobre os objetivos do curso e a importância de nos comunicarmos para aprender. Não perca!

Leia também: Conheça a Especialização em Qualidade e Produtividade da POLI USP PRO!

Começando o CEQP

A transmissão começou às 19h, ao vivo, com algumas explicações sobre o funcionamento do curso. Foram apresentadas ferramentas utilizadas pelos professores e mediadores para garantir a interação com os alunos, como o Zoom do Intervalo, assim como o estúdio e algumas informações sobre o funcionamento das aulas.

Os alunos assistiram a um vídeo de introdução e aprenderam sobre a origem da POLI USP PRO. O vídeo mostrou alguns detalhes da criação do Departamento de Engenharia de Produção (PRO) da Escola Politécnica (POLI) da Universidade de São Paulo (USP), em 1958, e os eventos que nos trouxeram até aqui.

O vídeo conta com a presença da professora Marly Monteiro de Carvalho, chefe do PRO e coordenadora do curso de Especialização em Gestão de Projetos (CEGP), que fala um pouco sobre a história da instituição. “Vocês já conhecem os nossos cursos de especialização, eles têm uma tradição de longa data: o primeiro, o CEAI, data da década de 1990”, comenta.

Qualidade e Produtividade

Homem que gosta de aprender trabalha com Qualidade e Produtividade.
Saber como aprender melhor é essencial para o desenvolvimento de um bom profissional.

O primeiro convidado da aula foi o coordenador do CEQP, o professor Paulino G. Francischini, que comentou sobre os objetivos do curso e a visão que ele traz para os alunos. Para o professor, existem dois modos de se fazer um projeto de melhoria: sendo guiado pela própria experiência ou por métodos baseados em análise de dados.

Ele também explicou que o curso é voltado para profissionais das áreas de engenharia, tecnologia e administração de empresas que queiram se especializar na melhoria de processos de negócio, industriais e de serviço. Assim, o objetivo é especializar os alunos em métodos de melhoria da qualidade e produtividade, com foco na análise de dados.

“Os alunos terão aulas com professores da USP e com especialistas de mercado. Assim, terão essa junção do acadêmico com o prático das empresas. A teoria sem a prática não vale nada e a prática sem a teoria também não. É preciso ter a junção adequada desses dois conceitos”, comentou Francischini.

Leia mais: Como é o funcionamento dos cursos da POLI USP PRO?

Aprendendo a aprender

A aula teve continuidade com o professor Ricardo Buonanni, que falou sobre a importância da comunicação para o aprendizado. Para isso, ele apresentou a Janela Johari, um conceito criado em 1955 por Harrington Ingham e Joseph Luft, que nos ajuda a entender o funcionamento da comunicação interpessoal e dos relacionamentos em um determinado grupo.

“Por que janela? Os autores criaram um modelo que diz que todos nós, quando começamos a vida, temos uma determinada janela. Eles utilizam essa metáfora para explicar como podemos crescer e quais os problemas que podem surgir ou dificuldades que devem ser superadas para que cresçamos em plenitude e atinjamos o máximo que podemos atingir.”

Esse modelo parte do princípio de que só conseguimos aprender quando mostramos quem somos para os outros e, assim, podemos receber um feedback sobre nós mesmos. “Se expor traz riscos, mas também traz benefícios, e os benefícios são maiores do que os riscos”, comentou o professor.

A comunicação e o time

De acordo com Buonanni, a comunicação é a parte mais importante do processo de aprendizado, porque é por meio dela que conseguimos nos expor ao mundo e receber os feedbacks necessários para crescermos. Desta forma, devemos saber como utilizá-la: “Na comunicação, a pessoa mais importante é o outro e a pessoa mais responsável é você”, explicou.

Por isso, é importante que os gestores saibam lidar com diferentes tipos de pessoa ao mesmo tempo. Um bom líder precisa saber como fazer com que o profissional que se mantém calado participe da conversa e como não deixar que os profissionais que falam muito monopolizem a conversa.

É preciso criar um ambiente equilibrado, onde todos se sintam à vontade. Só assim será possível utilizar as melhores características de cada um dos integrantes do time: “O bom gestor trabalha para o time e o time produz os grandes resultados. E como fazer isso? Facilitando a reunião para que todos possam falar e ouvir”, analisou o professor.

Leia também: TCC da pós-graduação: uma possibilidade de promoção profissional

Interação com os alunos

A interação entre os alunos e o professor é uma parte muito importante dos cursos POLI USP PRO, onde os alunos podem aproveitar para tirar dúvidas a qualquer momento das aulas. Em determinado momento, Buonanni recebeu um agradecimento pela resposta à uma pergunta e respondeu: “Na verdade, eu que agradeço. A medida em que você pergunta, eu posso diminuir uma falha de conhecimento que eu teria eventualmente”, respondeu.

Ele também pediu que os alunos escolhessem, cada um, três palavras que melhor definissem um texto que havia sido enviado para os alunos anteriormente à aula. As palavras escolhidas deveriam então ser colocadas em uma enquete no Wooclap, para que ele pudesse comentá-las.

As três palavras mais escolhidas pelos alunos foram “feedback”, “mudança” e “experiência”, o que levou o professor a um comentário: “Se passamos por muitas situações ao longo da vida, podemos nos tornar muito experientes. Mas, se passamos por essas situações que nos dariam experiência, mas não soubemos captar os feedbacks que elas nos passaram, então não nos tornamos experientes, apenas envelhecemos. Viver as experiências e não aprender com elas significa envelhecer.”

Dando um feedback

Segundo Buonanni, se queremos ajudar alguém a crescer, é preciso saber como dar feedbacks da maneira certa. Ele explica que um feedback precisa ter duas características na medida certa: verdade e amor. Essas características devem ser medidas de acordo com a pessoa que receberá o feedback e a situação em questão.

Tabela mostra como um bom feedback é essencial para que as pessoas possam aprender.
É apenas através da comunicação que podemos começar a aprender.

Para ele, um feedback com muita verdade, mas sem amor, faz com que a pessoa em questão se sinta agredida, o que a leva a ignorar o que está sendo dito. Já um feedback com muito amor e pouca verdade pode iludir a pessoa, que não consegue entender o verdadeiro problema a ser tratado. Na falta dos dois, há apenas a indiferença.

Gostou de aprender sobre a importância da comunicação para nosso aprendizado? Então não perca tempo e se inscreva no curso de Especialização em Qualidade e Produtividade (CEQP) da POLI USP PRO!

Você também pode gostar:

Voltar

Posts relacionados

Por: Alex de Almeida
7 de setembro de 2022

Lean Six Sigma: entenda como funciona!...

O Lean Six Sigma é uma metodologia estratégica gerencial utilizada para reduzir variabilidades nos processos produtivos. É bastante conhecida no mundo dos ne...
Saiba mais
Por: Alex de Almeida
10 de agosto de 2022

Gestão da Qualidade Total: uma importante ferramenta da qua...

Considerando as incertezas do cenário mundial atual, a sobrevivência de um negócio está, cada vez mais, condicionada ao aprimoramento de processos. A busca...
Saiba mais
Por: Caio Roberto
8 de julho de 2022

Conheça a Especialização em Qualidade e Produtividade da...

O mercado demanda cada vez mais que as empresas foquem em entregar produtos de qualidade. Mas, para que um negócio seja sustentável, é preciso que os process...
Saiba mais